O dono da editora responsável pela bíblia encontrada intacta em meio às cinzas em uma casa destruída pelo fogo, em Pato Branco, no Paraná, afirma que ficou surpreso quando soube do episódio. Não houve vítimas no incêndio.

 

Ao G1, o empresário Vagner Rodrigues Rosa, de Várzea Paulista (SP), explicou que o livro que "sobreviveu" ao calor foi um dos primeiros lançados da edição para estudos "Mulher Sábia" e teria sido queimado facilmente pelo material com páginas de papel e capa de poliuretano.

“Não acreditei quando vi, foi um milagre mesmo. Só com o calor já era para a capa ter derretido e queimado as folhas de papel. Totalmente inflamável, não sei o que aconteceu", diz.

Segundo Rosa, os proprietários ficaram sabendo do caso pela internet e entraram em contato com os donos da casa para uma doação de um novo kit e uma valor em dinheiro para a compra de novos móveis ou enxoval para o bebê do casal.

 

Incêndio

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a Bíblia estava em um cômodo que pegou fogo, mas as chamas não chegaram no canto onde estava o livro, na terça-feira (6).

Segundo a moradora da casa, Andressa Cristina Alves, a família dela é católica e disse que encontrar a Bíblia intacta foi uma mensagem.

De acordo com Andressa, além do livro, restaram o baú onde a Bíblia ficava em cima e seis peças de roupa que estavam perto.

A mulher está grávida de sete meses e estava com o filho de um ano em casa quando o incêndio começou. O marido de Andressa estava no trabalho. Para ele, o que aconteceu com a Bíblia não tem explicação.

Os bombeiros consideraram como destruição total do local, pois a maior parte da residência foi atingida. A equipe conseguiu evitar que o fogo se alastrasse na casa dos fundos do terreno e no comércio que fica na frente.

Após o incêndio, várias pessoas doaram móveis para o casal. O Corpo de Bombeiros suspeita que tenha ocorrido um curto-circuito.