As eleições municipais vão movimentar mais de 1,5 milhão de pessoas nas 27 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) amanhã (15), no 1º turno. A RMS tem 1.554.243 eleitores aptos a votar. Além disso, o pleito terá 15.092 mesários, entre voluntários e não voluntários.

Sorocaba é o maior colégio eleitoral da RMS com 485.962 eleitores e 4.929 mesários estão convocados. Há ainda os servidores públicos da Justiça Eleitoral, que também trabalharão amanhã. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o Brasil neste ano, para viabilizar o voto dos mais de 147 milhões de eleitores em cada um dos 5.568 municípios brasileiros, a Justiça Eleitoral conta com 15,4 mil servidores e colaboradores, 2.645 juízes eleitorais, bem como cerca de dois milhões de mesários. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), em todo o Estado, no total, estão aptos a votar 33.565.294 eleitores. O Estado contará com 326.294 mesários.

Depois de Sorocaba, a cidade da RMS com maior número de eleitores é Itu com 121.190, seguida de Itapetininga (114.782). Salto está na 3ª posição na RMS (94.156 eleitores), e Tatuí em seguida com 90.608. Na 5ª posição aparece Votorantim com 86.783 eleitores. As cidades da RMS com os maiores colégios eleitorais também são as cidades com maior número de mesários e funcionários da Justiça Eleitoral. Sorocaba lidera com 4.929 mesários convocados, seguida de Itapetininga (1.082), Itu (966), Votorantim (918) e Salto (701).

Já os municípios com os menores números de eleitores são: Jumirim (2.386), Alambari (4.746), Tapiraí (6.478) e Sarapuí (7.434). Essas cidades também têm poucos mesários: Jumirim (31), Alambari (49), Sarapuí (75) e Tapiraí (61). 

Mesários

Mesário é o cidadão nomeado para compor as mesas receptoras de votos no dia das eleições. Para promover a participação popular no pleito, a Justiça Eleitoral se vale de cidadãos convocados e voluntários para ajudar e fiscalizar os trabalhos.

Eles são chamados pelo juiz eleitoral seguindo critérios definidos em lei, devendo ser maiores de 18 anos e em situação regular com a Justiça Eleitoral. Os mesários tomam todas as providências na seção eleitoral para orientar e receber o eleitor no dia da eleição. 

Para as Eleições 2020, a Justiça Eleitoral paulista estima que 342.656 mesários, entre convocados e voluntários, trabalharão.

Resultado deve sair amanhã para 26 cidades

Das 27 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), em 26 delas não haverá a realização do 2º turno, conforme as regras eleitorais. Assim, os eleitores desses municípios já saberão amanhã (15), logo após o encerramento do pleito, quem serão os seus futuros prefeitos e vereadores eleitos. A única exceção é Sorocaba, já que a cidade poderá ou não ter 2º turno. A estimativa da Justiça Eleitoral é que assim que começar a apuração, cerca de uma hora e meia após, os sorocabanos já deverão saber quem foram os candidatos a prefeito mais votados e se ocorrerá ou não 2º turno.

Pela Constituição Federal (inciso II do artigo 29), deve haver eleição em 2º turno para prefeito quando nenhum dos candidatos consegue, no 1º turno, mais da metade dos votos válidos, ou seja, dos votos dados exclusivamente aos que disputam o cargo. Se essa situação ocorrer, disputarão o 2º turno os dois candidatos a prefeito mais votados no primeiro turno.

Com relação às capitais, manteve-se o mesmo quadro das eleições 2016: das 26 capitais dos Estados, 25 têm mais de 200 mil eleitores em 2020, à exceção de Palmas (TO). Este ano, não há pleito no Distrito Federal e nem em Fernando de Noronha (PE).

Também como na eleição municipal anterior, São Paulo permanece como o Estado com o maior número de municípios com mais de 200 mil eleitores, com 28 cidades.

De acordo com a Justiça Eleitoral, 95 municípios do País com mais de 200 mil eleitores podem ter de realizar 2º turno de votação para a escolha de prefeito e vice-prefeito nas eleições 2020. (Ana Cláudia Martins)

Fonte: https://www.jornalcruzeiro.com.br/sorocaba/regiao-metropolitana-tem-mais-de-15-milhao-de-eleitores/