Uma advogada sugeriu que militantes de esquerda se infiltrem nas igrejas evangélicas para doutrinar as crianças, durante um live da Revista Fórum, no domingo (11).

No evento online, chamado "Mulheres no Poder em um Momento Bolsonarista", Laura Astrolabio defendeu uma infiltração nas Escolas Bíblicas Infantis, como estratégia para formar futuros militantes da ideologia marxista.

A advogada afirmou que, como os adultos não querem escutar sobre as pautas progressistas, a solução é pregar para as crianças.

“Quem disse que a gente vai falar para eles [adultos]? A gente vai para a escolinha dominical. O que mais a igreja quer é pegar um irmão ou irmã para cuidar das crianças”, enfatizou.

Laura ainda ensinou como fazer essa infiltração: “Enquanto eles estão no culto, existe uma sala de aula cheia de crianças. Você vai pegar a Bíblia e vai começar a falar de Jesus: ‘Jesus amava os pobres, disse que o rico não entraria no Reino dos Céus e a gente vai começar a falar”.

E acrescentou: “Mas ele [a criança] vai chegar em casa e vai contar para o pai. Então, o pai vai falar ‘onde está isso na Bíblia?’ E criança vai dizer que foi Jesus quem falou”.

A advogada esquerdista destacou que para isso acontecer deve haver estratégia, citando o exemplo do comunista Carlos Marighella, que escreveu o Manual do Guerrilheiro Urbano, para se planejar.

“Nenhum dos revolucionários que a gente teve no Brasil fez nada sem estratégia. Marighella escreveu um manual do Guerrilheiro Urbano. A gente está lendo? Podemos adaptar para os dias de hoje, porque óbvio que não podemos sair armados”, disse.

Na live, Laura Astrolabio contou que já foi cristã durante 30 anos, mas que hoje é candomblecista.

“Eu já fui até para Jerusalém. O dia que eu contar o que é essa viagem em Jerusalém, eu acabo com o cristianismo no Brasil”, afirmou.

Também participou da live da Revista Fórum a vereadora Benny Briolly (Psol), uma parlamentar trans da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

FONTE: GUIAME.COM / RADIOADBELEM.COM