Epicentro do tremor foi em Cianjur, na região ocidental de Java

Mais de 160 pessoas morreram e cerca de 13 mil pessoas estão desabrigadas após um terremoto de magnitude 5,6 afetar a Indonésia nesta segunda-feira (21). De acordo com o Serviço Geológico dos Esados Unidos (USGS), o epicentro do tremor foi em Cianjur, na região ocidental de Java, principal ilha do país e distante 75 quilômetros da capital Jacarta.

Autoridades locais afirmaram que centenas de pessoas ainda estão desaparecidas e dezenas de prédios foram danificados, seja de forma parcial ou total. Muitas pessoas ficaram feridas em razão das réplicas, como são chamados os tremores secundários. Até o início da tarde desta segunda (horário de Brasília), 162 mortes foram confirmadas.

– Muitas pessoas também sofreram fraturas porque ficaram presas nos destroços dos edifícios – afirmou o chefe de administração de Cianjur, Herman Suherman, ao canal Metro TV.

Enorme arquipélago povoado por mais de 270 milhões de pessoas, a Indonésia é frequentemente atingida por terremotos, erupções vulcânicas e tsunamis devido à sua localização no chamado “Anel de Fogo”, arco de vulcões e falhas geológicas que fica na Bacia do Pacífico.

Em fevereiro deste ano, um terremoto de magnitude 6,2 já havia matado ao menos 25 pessoas e ferido mais de 460 na província de Sumatra Ocidental. Em janeiro de 2021, outro terremoto também de magnitude 6,2 matou mais de 100 pessoas e feriu quase 6,5 mil na província de West Sulawesi.

RÁDIO AD BELEM FM 97.9

Com informações do portal plenonews

@radioadbelem #radioadbelem